início do conteúdo

Extensão 2019

Projetos aprovados - Edital nº028/2019/REITORIA/PROEX

1 - IFeducATIVO - Preparatório/2019
COORDENADOR
Cláudio Márcio da Silva

SERVIDORES ENVOLVIDOS
Jéssica Iraci Rodrigues Ribas
Maria Cleunice Fantinati da Silva

BOLSISTA / CURSO
Pedro Rafael Almeida Nunes / Técnico em Manutenção e Suporte em Informática

Período de vigência do projeto: maio a novembro de 2019

Resumo: O projeto de extensão IFeducATIVO – Preparatório / 2019 ofertará curso de língua portuguesa e matemática
para alunos do 9º ano de escolas públicas do município de Tangará da Serra. Tem por objetivo promover o acesso dos alunos concluintes do Ensino Fundamental aos cursos ofertados no IFMT-2020/1, deste modo, possibilitando a comunidade externa conhecer a instituição quanto a sua missão, visão e valores. O projeto promoverá aulas de língua portuguesa e matemática em encontros semanais. A metodologia seguirá o modelo de cursinho prévestibular, ou seja, revisão dos conteúdos estudados durante o ensino fundamental. As aulas serão expositivas, podendo haver palestras e sessões de vídeos. A avaliação será através de aplicação de atividades e simulados elaborados a partir de questões extraídas de provas realizadas anteriormente pelo IFMT. O trabalho envolverá servidores, discentes do IFMT e acadêmicos da Universidade do Estado de Mato Grosso, que contribuirão no processo preparatório dos alunos cursistas possibilitando-lhes a inclusão social, o nivelamento em relação às disciplinas de língua portuguesa e matemática. Trata-se de uma proposta de indissociabilidade entre ensinopesquisa-extensão que visa atender a demanda local, pois nas edições anteriores o projeto se destacou possibilitando a população em geral conhecer e reconhecer o IFMT- como uma instituição comprometida com ensino de qualidade.

2 - Teen Business
COORDENADORA
Débora Borges dos Santos

SERVIDORES ENVOLVIDOS
Joseano Lira Santos

BOLSISTA / CURSO
Nelma Ferreira da Cruz / Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos

Período de vigência do projeto: maio a novembro de 2019

Resumo: Empreendedor vem da palavra francesa entrepreneur, que se aplica a um agente econômico disposto a assumir riscos e começar algo novo. A literatura está repleta de autores que atribuem ao empreendedor o papel de impulsionar a economia, dentre os tais, Schumpeter (1982) pioneiro na popularização do termo empreendedorismo. Embora o Brasil seja reconhecido como um país empreendedor, apresenta baixo índice de inovação, daí o importante papel das instituições de ensino em inserir o estudante em ações aplicadas ao desenvolvimento de competências empreendedoras. O presente
projeto apresenta a proposta de aprendizagem baseada em problemas, demandando uma postura proativa e autônoma direcionadas à busca de soluções, além de conceder ao aluno a oportunizar de errar em ambiente seguro. Tem como principal objetivo, disseminar a cultura empreendedora contribuindo para a formação pessoal e profissional de jovens estudantes do ensino médio, provocando-os para o desenvolvimento de competências e atitudes inovadoras e colaborativas a partir da aprendizagem baseada em problemas. Na conclusão do projeto espera-se que o jovem estudante atue como um
agente multiplicador de práticas empreendedoras.

3 - Turismo ecológico e cultural Paresi
COORDENADOR
Jean-Claude Rodrigues da Fonseca

SERVIDORES ENVOLVIDOS
Debora Borges dos Santos
Katia Valeria Alves de Lima

BOLSISTA / CURSO
Emilaine Cardoso Alves / Técnico em Manutenção e Suporte em Informática

Período de vigência do projeto: maio a novembro de 2019

Resumo: O projeto de extensão de Turismo Ecológico e Cultural Pareci, na aldeia Rio Formoso, surgiu a partir dos anseios, demandas e cosmovisão da própria comunidade. O projeto está em consonância com as proposições e objetivos do Edital 28/2019 do IFMT, pois está concentrado na linha temática de Empreendedorismo, aproveitando o potencial ecológico e turístico para estimular e gerar renda para a própria comunidade, e fomentar a preservação ambiental local. Além disso, a produção artística e cultural do projeto também procura resgatar as manifestações artísticas e a preservação da cultura material e imaterial do referido povo. A ideia central é de capacitar o povo Pareci para ser o principal protagonista e o maior beneficiário nesse processo e, assim, elevar e melhorar os índices que contemplem os aspectos econômico, social e ambiental. Ademais, toda a região ganhará com mais uma relevante referência turística. O projeto contemplará as seguintes etapas: a primeira será o levantamento do potencial e o detalhamento das demandas da comunidade; a segunda buscará atrair colaboradores voluntários de diversas áreas, para que o fomento ao empreendedorismo, a produção artística e cultural, e, consequentemente, o turismo sejam devidamente implementados; por fim, a terceira etapa se dará com a atração de parceiros externos e a captação de recursos, para implantar a infraestrutura turística necessária. Além disso, o projeto tem o intuito de maximizar a face pública do IFMT e ressaltar sua responsabilidade com a promoção da cidadania e,
consequentemente, com o desenvolvimento local e regional.

4 - Técnicas de redação ENEM 2019
COORDENADORA
Jéssica Iraci Rodrigues Ribas

SERVIDORES ENVOLVIDOS
Cláudio Márcio da Silva
Maria Cleunice Fantinati da Silva

BOLSISTA / CURSO
Vitor Manoel Evangelista Santana / Técnico em Manutenção e Suporte em Informática

Período de vigência do projeto: maio a novembro de 2019

Resumo: O projeto de extensão Técnicas de redação - ENEM 2019 tem comoobjetivo ofertar curso de redação com intuito de melhorar o desempenho dos alunos que pretendem prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM-2019) ou vestibular. Os procedimentos metodológicos para a produção textual segue o seguinte roteiro: discutir a importância da redação do Enem, as cinco competências exigidas, revisão gramatical, elementos da textualidade, compreensão e interpretação de textos, a estrutura do texto dissertativo-argumentativo. Em seguida a parte prática será destinada a produção das redações, correção e refacção dos textos. O público alvo do projeto será alunos concluintes ou que já concluíram o ensino médio na rede pública de ensino. O projeto envolverá servidores e discentes do IFMT campus avançado Tangará da Serra e acadêmicos do curso de Letras da UNEMAT, que contribuirão no processo preparatório dos alunos cursistas possibilitando-lhes a inclusão social, e uma revisão de conteúdos em relação às disciplinas de língua portuguesa. Os resultados almejados visam atender as competências e habilidades exigidas no Edital ENEM -2019 no que se refere à redação, interpretação e conhecimento da norma culta da língua portuguesa para a obtenção de boas notas na redação. As aulas serão ministradas nas sextas- feiras no período vespertino, as quartas-feiras, também no período vespertino com reuniões para planejamentos e correções das atividades realizadas pelos alunos. O projeto visa atender os objetivos do edital de extensão nº 28/2019-RTR/PROEX, pois dentre outros busca promover o envolvimento e a cooperação de servidores e estudantes em atividades de extensão, fortalecendo a integração do IFMT com a sociedade. Os resultados do projeto serão divulgados na mídia e também apresentados em eventos nos campi do IFMT e outras instituições de ensino com o objetivo de publicação. Deste modo, oportunizando maior democratização do saber e fortalecendo a indissociabilidade entre Ensino, Pesquisa e Extensão.
 

 Projetos aprovados - Edital nº026/2019/REITORIA/PROEX

1 - Empreender para a liberdade: mulheres preciosas da cadeia pública feminina de Tangará da Serra/MT
COORDENADORA
Maria Cleunice Fantinati da Silva

SERVIDORES ENVOLVIDOS
Breno Dutra Serafim Soares
Brisida Regina de Almeida Alcantara
Debora Neves de Melo
Fagner Roger Pereira Couto
Joseano Lira Santos
Lucas Sawaris

BOLSISTA / CURSO
Suelen Cristini da Silva Santos / Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos

Período de vigência do projeto: maio a novembro de 2019

Resumo: O Projeto “Mulheres preciosas: empreendedorismo na cadeia pública de Tangará da Serra/MT” visa atender os objetivos do Edital 26/2019-RTR/PROEX/ATIVA - Programa Teresa de Benguela voltados à promoção de cidadania e geração de renda às participantes, com foco no empreendedorismo. O projeto tem por objetivo ofertar sobre empreendedorismo e promover a possibilidade de uma futura autonomia financeira das reeducandas, fortalecendo sua autoestima diante da situação de vulnerabilidade. O curso sobre empreendedorismo contará com o apoio de profissionais parceiros de outras instituições, servidores técnicos, docentes e estudantes do IFMT. Serão abordadas temáticas como motivação, abertura e gestão do próprio negócio e sobre o mercado da alimentação saudável, com práticas direcionadas a produção bolos e salgados. Palestras sobre motivação visando o empoderamento das reeducandas. Também ética profissional, higiene, cuidados com alimentos, direitos da mulher, marketing digital, motivação e outras. Todas as temáticas serão conduzidas por meio de oficinas fundamentadas em metodologias ativas, envolvendo o aprendiz no processo ensino-aprendizagem. Também disciplinas específicas, matemática básica, língua portuguesa e estrangeira. Espera-se que por meio das capacitações ofertadas pelo projeto, que as mulheres tornem-se motivadas e empoderadas, para que, quando em liberdade, tenham meios de inserir-se no mercado de trabalho. Como as ações do projeto envolverão servidores, discente do campus avançado Tangará da Serra e comunidade externa, fortalecerá a integração do IFMT com a sociedade. Deste modo, o projeto oportunizará maior democratização do saber e fortalecerá a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão.

Projetos aprovados - Edital nº010/2019 - Ações de extensão de livre iniciativa

1 - Práticas musicais e cinema: vivências artísticas para mulheres reeducandas da cadeia pública feminina de  Tangará da Serra

COORDENADOR
Michael Alves de Almeida

SERVIDORES ENVOLVIDOS
Breno Dutra Serafim Soares

Período de vigência do projeto: fevereiro a agosto de 2019

Resumo: O Presente projeto de extensão destinado às mulheres reeducandas da cadeia pública feminina de Tangará da Serra visa oportunizar e introduzir através de dois cursos vivências, estéticas e práticas artísticas na área de música popular brasileira e cinematográfica, atentando para o aspecto técnico, bem como para o aspecto temático de Arte, Cultura e Ressocialização. Para tanto, procuramos estabelecer, a partir da contribuição de teóricos como Jacques Aumont, Jean-Claude Carrière, André Bazin e Jean-Claude Bernardet, um conceito satisfatório do cinema como forma de arte, bem como um histórico do mesmo, pontuando as características que o distingue das demais formas de arte. Também esclareceremos o público-alvo no que se refere aos gêneros cinematográficos e as correntes estéticas que foram produzidas ao longo do século XX. No que se refere a música popular brasileira, trabalharemos práticas musicais através do canto coral e prática instrumental com obras de compositores nacionais entre 1916 e 1960. Esta ação extensionista será desenvolvida através de aulas práticas e teóricas com abordagens históricas, sociais e culturais referentes a música popular brasileira e o cinema. As aulas acontecerão todas as quintas-feiras nos seguintes horários: 14:00 às 15:00 – aula de prática musical através do canto coral e ensino instrumental de violão popular. 15:00 às 16:00 serão ministradas as aulas de Cinema, História e Filosofia: Reflexões da sociedade do século XX através de produções audiovisual. Esperamos que, ao final do projeto, essa ação interdisciplinar entre as áreas de música, filosofia e cinema possa despertar no público um interesse que não se atenha ao cinema e a música popular brasileira como forma de divertimento, mas possa percebê-lo como uma forma de arte cinematográfica, produção audiovisual e história práticas da cultura artística, possibilitando contribuições efetivas para a formação humanística e cidadã de mulheres reeducandas da cadeia pública feminina de Tangará da Serra. 

2 - O uso do herbário para ensino de botânica e conservação da biodiversidade no ensino médio

COORDENADOR
Lucas Sawaris Damian

SERVIDORES ENVOLVIDOS
Erica Baleroni Pacheco

Período de vigência do projeto: abril a novembro de 2019

Resumo: Estimativas indicam que nos próximos anos haverá uma aceleração na perda de espécies a nível global e regional. Diante disso, meios para a conservação biológica mostram-se necessários com urgência para mitigar os possíveis danos. Locais ricos em biomas e biodiversidade como o Mato Grosso são prioritários para conservação. Uma das estratégias para evitar a perda de espécies é o conhecimento da região inserido em coleções biológicas, além de servir de excelente ferramenta para estudos. Levando isso em consideração e somado à presença de botânica na ementa do Ensino Médio, este projeto tem como objetivo a produção de um herbário no IFMT – Campus de Tangará da Serra. Espera-se que a atividade prática de coleta de exemplares botânicos, e a produção de exsicatas contribua com a noção da rica diversidade de plantas da região, contribua com o aprendizado e crie noções da necessidade de conservação biológica nos alunos do Instituto Federal do Mato Grosso e sociedade acadêmica.

início do rodapé

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - Campus Avançado de Tangará da Serra

Rua José de Oliveira (28), 980 N - Bairro: Vila Horizonte - CEP: 78300-000

Telefone: (65) 3311-8500

Tangará da Serra/MT